Entenda os Tipos de Dieta Intermitente e Saiba como Fazer

A dieta do jejum intermitente é um dos métodos de emagrecer mais comentados na atualidade. O objetivo é intercalar períodos de jejum com períodos

A dieta do jejum intermitente é um dos métodos de emagrecer mais comentados na atualidade.

O objetivo é intercalar períodos de jejum com períodos de alimentação saudável.

Geralmente, são indicadas de 10 a 24 horas de jejum, que podem ser feitas em dias intercalados ou diariamente.

A ideia é fazer com que, durante o tempo de jejum, o corpo queime os estoques de gordura e faça com que haja uma perda de massa gorda.

Os períodos em que a alimentação é permitida são conhecidos como janelas de alimentação.

Durante o jejum, a pessoa deve ingerir líquidos que não possuam calorias, como chás e café sem açúcar e muita água (com ou sem gás) para manter o organismo sempre hidratado.

Porém, esse método não é indicado para todas as pessoas e pode trazer problemas quando feito sem a devida orientação.

Dieta Intermitente de 12h

Nesse método, é indicado fazer três refeições ao longo do dia, ficando, por exemplo, das 8h da noite até às 8h da manhã sem se alimentar.

Dieta Intermitente de 16h

Essa técnica foi desenvolvida pelo sueco Martin Berkhan e sugere que a pessoa fique de jejum por 16 horas, podendo fazer de duas a três refeições no resto do dia, onde você escolhe o melhor momento para criar sua janela de alimentação.              

Dieta Intermitente Funciona?

Para saber se essa dieta de fato funciona, é importante entender as etapas que o nosso corpo passa no decorrer do dia, tanto quando está alimentado quanto no intervalo das refeições.

Quando terminamos de comer, nosso organismo transforma mais energia e armazena em glicose.

Nesse caso, ativa-se a insulina; o hormônio responsável por transportar açúcar para as células.

E a energia que não é utilizada pelo organismo é acumulada em forma de gordura.

Quando o corpo não tem mais energia, ele acaba recorrendo a essas reservas presentes no nosso tecido adiposo e nos músculos.

Fazendo o jejum intermitente da maneira adequada, sem restrições severas e se alimentando adequadamente, você vai conseguir queimar gordura e evitar picos de açúcar no sangue.  

Benefícios da Dieta Intermitente

Quando feito da maneira adequada, esse método pode trazer benefícios como:

  • Queima de gordura;
  • Diminuição do peso corporal;
  • Diminuição nos níveis de insulina e glicogênio;
  • Aumento da saciedade;

Alguns estudos científicos mostram que o jejum também pode contribuir com a saúde do coração.

Pois o corpo em jejum utiliza uma substância que faz com que o coração poupe energia e se estresse menos, chamada beta- hidroxibutirato.

Mas se você tem problemas cardíacos, é importante seguir esse método apenas com indicação médica.

Dieta Intermitente Faz Mal?

Como qualquer método de emagrecimento, o jejum intermitente tem suas desvantagens.

A fome constante é uma delas – principalmente para pessoas que possuem poucos nutrientes, poucas fibras e grande quantidade de carboidratos simples.

Quando feita sem acompanhamento e sem uma alimentação adequada, essa dieta também pode causar desnutrição, desidratação, hipoglicemia, fadiga, dificuldades de concentração e entre outras consequências.

A compulsão também é um problema preocupante.

Por passar longos períodos sem se alimentar, algumas pessoas tendem a descontar toda a gula nas próximas refeições; ingerindo grandes porções de gordura, sódio, açúcares e carboidratos simples.

O resultado de descontar toda a frustração nas próximas refeições é o sentimento de culpa e impotência, além de desenvolver problemas de saúde a longo prazo.

Efeitos Colaterais da Dieta Intermitente

Não é recomendado praticar atividades físicas quando se está de jejum, pois o corpo pode não usar a energia de modo correto e os resultados muitas vezes são tonturas, desmaios e enjoos.

Afinal, como é que você vai levantar peso ou percorrer grandes distâncias correndo se não está bem alimentado e seu corpo não dispõe de força e energia?

Leia nosso artigo e saiba como montar um cardápio para jejum intermitente.

Compartilhe esse artigo nas suas redes sociais!

A dieta do jejum intermitente é um dos métodos de emagrecer mais comentados na atualidade. O objetivo é intercalar períodos de jejum com períodos
Informações do Autor

MarianaRios,

Mariana Rios é natural de João Pessoa (PB) e se dedica a pesquisar e produzir conteúdo sobre emagrecimento e saúde.

Gostou do artigo? Deixe seu comentário!