Dieta do Carboidrato para Controlar o Açúcar no Sangue

comida integral emagrece

Além de cáries, colesterol alto e gordura no fígado, o excesso de açúcar pode causar obesidade e diabetes.

Saber fazer a dieta certa é fundamental para regular os níveis de açúcar no sangue.

Será que a dieta do carboidrato é a melhor opção?

Pesquisas divulgadas pelo Ministério da Saúde indicam que o número de pessoas com diagnóstico de diabetes cresceu mais de 60% nos últimos 10 anos.

Sendo assim, é essencial escolher bem os alimentos que colocamos no nosso prato, pois a alimentação interfere diretamente nos níveis de açúcar no nosso sangue.

Entenda o Que é Diabetes e Como Ela Atua no Organismo

O açúcar é uma molécula que está presente em todos os carboidratos, é ela que fornece energia ao nosso corpo.

Os açúcares são nutrientes fundamentais para o processo metabólico do nosso organismo e por isso eles não devem ser retirados completamente da nossa dieta.

Porém, é necessário ingerir com responsabilidade e evitar grandes quantidades, principalmente se a pessoa possui diabetes ou riscos de adquirir a doença.

A diabetes é uma doença causada pela grande quantidade de glicose no sangue (hiperglicemia).

Isso acontece pela dificuldade de ação do hormônio insulina.

Quando a pessoa tem diabetes tipo 1, quer dizer que, por uma ação do próprio sistema imunológico, o pâncreas não produz a insulina em quantidades suficientes para suprir as necessidades do organismo.

No caso da diabetes tipo 2, que corresponde a 90% dos pacientes, a glicose não consegue fazer o seu papel de maneira adequada e a pessoa passa a ter resistência à insulina.

Benefícios da Dieta do Carboidrato para Diabéticos

De acordo com um estudo recém-publicado na revista Pediatrics, a redução de carboidratos e aumento de consumo de proteínas é benéfico para pessoas com diagnóstico de diabetes tipo 1; uma doença autoimune que surge ainda na infância.

Na análise, os pacientes (crianças e adultos) que seguiram a dieta do carboidrato por um tempo de dois anos – aliada a medicamentos em doses menores do que as determinadas em uma dieta normal – tiveram um maior controle do açúcar no sangue.

Como Evitar Picos de Glicose?

Os picos de glicose acontecem quando comemos mais do que precisamos ou quando ingerimos carboidratos em excesso.

Nesse caso, a insulina – que secreta o açúcar e transporta em forma de energia para tecidos, músculos e sangue – fica acumulada na corrente sanguínea e faz com que a pessoa sinta fome mais rapidamente.

Esses picos de açúcar são muito prejudiciais às pessoas com quadro de diabetes.

Para evitar esse aumento de açúcar, você pode seguir as seguintes dicas:

1. Evite Consumir Carboidratos Simples;

Os carboidratos simples são aqueles que possuem mais açúcar e gorduras, são digeridos rapidamente e não aumentam a saciedade. Eles causam os picos de açúcar no sangue e são vilões para pessoas que possuem algum quadro de diabetes.

Saiba diferenciar os tipos de carboidratos lendo o artigo dieta sem carboidrato.

2. Inclua Fibras na Sua Alimentação;

As fibras controlam as taxas de açúcar no nosso sangue, aumentam a saciedade e são digeridas mais devagar, o que também pode ser um ponto positivo, se você quer emagrecer com saúde.

Saiba mais sobre os benefícios das fibras lendo o artigo alimentos ricos em fibras.

3. Alimente-se de 3 em 3 Horas;

Comer de 3 em 3 horas não é uma regra, principalmente se você possui uma alimentação rica em fibras.

Porém, manter essa frequência na alimentação e se alimentar da forma adequada, pode te ajudar evitar picos de açúcar causados pelo excesso de comida de uma só vez.

4. Não coma Apenas Carboidratos;

Nem de mais, nem de menos. É fundamental que a sua alimentação seja equilibrada.

Alie carboidratos complexos com proteínas e boas fontes de fibras, isso evitará os picos de insulina.

O que Comer em Uma Dieta do Carboidrato?

Assim como a maioria das dietas, a dieta do carboidrato propõe a redução desse nutriente.

A orientação em uma alimentação normal é que a ingestão de carboidratos varie entre 50 e 55%.

Existem várias modalidades para dieta do carboidrato, como é o caso da Dieta Lowcarb, Dieta Dukan, Dieta da Sopa, Dieta da Proteína e por aí vai…

Esses tipos de dieta sugerem uma redução que pode variar entre 45% e 5% de carboidratos diariamente.

Essa redução severa na ingestão de carboidratos ajuda a emagrecer rapidamente, mas também pode trazer diversos efeitos negativos à saúde, como tonturas, indisposição, perda de massa magra, problemas de sono, hipoglicemia e entre outros.

Saiba mais sobre o assunto lendo o nosso artigo dieta sem carboidrato.

Os Alimentos Permitidos São:

  • Verduras, legumes e frutas em pequenas quantidades;
  • Filé de peixe, filé de peito de frango e carnes magras;
  • Queijo;
  • Ovos (de preferência cozidos)
  • Nozes, amêndoas, castanha-do-pará e avelãs;
  • Café amargo e chás sem açúcar;
  • 2 a 3 litros de água por dia;
  • Sementes como chia, linhaça e gergelim;
  • Azeite, óleo de coco e manteiga

Quais São os Alimentos Proibidos em Uma Dieta sem Carboidrato?

Os alimentos que não podem ser consumidos nesse tipo de dieta são aqueles ricos em açúcar e gorduras, carnes processadas, cereais e massas, como:

  • Refrigerantes;
  • Adoçantes;
  • Sorvetes;
  • Bolos;
  • Biscoitos;
  • Batata Frita;
  • Comida congelada;
  • Salame;
  • Salsicha;
  • Presuntos;
  • Linguiças;
  • Arroz branco;
  • Macarrão;
  • Farofas;
  • Tapioca;
  • Cuscuz;
  • Salgados e torradas;
  • Cereais como trigo, centeio e cevada;
  • Margarina;

Conclusão: A dieta do Carboidrato Ajuda a Reduzir os Níveis de Açúcar no Sangue?

Uma dieta que equilibre os níveis de carboidratos é fundamental para pessoas com diabetes ou pessoas que buscam reduzir os níveis de gordura no corpo.

Entretanto, isso deve ser feito com a orientação de um profissional nutricionista ou nutrólogo, respeitando sempre as necessidades de cada paciente.

Não tente fazer uma dieta com base nas informações de outra pessoa, pois cada um possui um organismo diferente e necessidades nutricionais diferentes.

Uma dieta muito restritiva pode ser extremamente prejudicial à saúde.

Não brinque de médico ou negligencie sua saúde, procure um profissional para fazer uma reeducação alimentar e tratar sua doença adequadamente.

Deixe suas dúvidas nos comentários e compartilhe esse texto nas suas redes sociais!

Além de cáries, colesterol alto e gordura no fígado, o excesso de açúcar pode causar obesidade e diabetes. Saber fazer a dieta certa é fundamental para reg
Informações do Autor

Dra. Andresa Goncalves, Nutricionista

Andresa Gonçalves é nutricionista pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Possui mais de 15 anos de experiência e é especialista em Alimentação e Saúde.

Gostou do artigo? Deixe seu comentário!