Dieta da Proteína: Como Fazer, Cardápio e Efeitos Colaterais

dieta da proteina funciona

A dieta da proteína é um método de emagrecimento que eleva o consumo de proteínas e diminui a ingestão de carboidratos.

É importante explicar que não existe uma regra para a dieta da proteína, mas sim um grupo de dietas que seguem essa perspectiva.

As proteínas ingeridas são preferencialmente de origem animal, como peixes, carnes vermelhas, lacticínios e ovos.

Qualquer dieta que reserve de 30 a 40% das calorias para proteínas pode ser considerada uma dieta da proteína, como é o caso da Dieta Lowcarb, Dieta Dukan e Dieta Cetogênica.

Para emagrecer com essa dieta, a pessoa deve ingerir poucas gorduras, carboidratos simples, açúcares e produtos industrializados.

A ausência de carboidratos na alimentação faz o nosso organismo queimar mais rapidamente as suas fontes de gordura acumuladas.

O que Não comer na Dieta da Proteína

Os alimentos proibidos são as fontes de carboidratos, como:

  • Arroz, pão, farinhas, batatas, macarrão, macaxeira
  • Feijão, milho, ervilha, grão de bico, soja;
  • Biscoitos, Doces, Açúcar, bolos, chocolate, refrigerantes e sucos
  • Frutas e água de coco.

Alimentos Permitidos e Como Montar um Cardápio para Dieta da Proteína

Os alimentos permitidos nessa dieta são legumes, verduras, frutas pobres em carboidratos e principalmente carnes magras.

Monte seu cardápio com:

  • Peixes;
  • Ovos cozidos;
  • Presunto;
  • Peito de Frango;
  • Queijos;
  • Leite e iogurte desnatados;
  • Queijos brancos;
  • Legumes como acelga, espinafre, repolho, couve, alface, cenoura, tomate, pepino e rabanetes;
  • Azeite;
  • Abacate;
  • Limão;
  • Sementes de abóbora, girassol, linhaça, chia e gergelim;

O que Você Precisa Saber Antes de Começar a Dieta da Proteína

A dieta da proteína pode ser realizada durante 15 dias com 3 dias de intervalo e pode ser repetida por no máximo mais duas semanas.

Antes de iniciar qualquer método de emagrecimento, procure a orientação de um médico ou de um nutricionista para que não haja prejuízos a sua saúde.

Só um nutricionista pode indicar um cardápio personalizado para sua necessidade nutricional, levando em consideração as preferências pessoais e as restrições alimentares necessárias.

São necessários alguns cuidados para que essa dieta não prejudique o

Efeitos Colaterais da Dieta da Proteína

É importante que você não ultrapasse um mês, pois uma dieta muito restritiva como essa pode causar A proteína aumenta a sensação de saciedade e a restrição ao consumo de carboidratos são dois pontos positivos que favorecem o processo de emagrecimento.

Entretanto, o excesso de proteína pode prejudicar o funcionamento dos seus rins, causando aumento na produção de ureia, creatinina e ácido úrico; o que a longo prazo poderá provocar hipertensão, redução de massa muscular, baixa da imunidade e maior predisposição a infecções, deficiências de vitaminas e minerais, dificuldade para dormir, irritabilidade e entre outros.

Os carboidratos são os nutrientes responsáveis por fornecer energia ao nosso organismo, então, como eles estão sendo consumidos em quantidade muito menor, você pode sentir efeitos como falta de nutrientes, queda de cabelo, tonturas e desmaios.

Ou seja, a melhor dieta para emagrecer é aquela que te ajude a alcançar seus objetivos sem prejudicar sua saúde.

Pessoas com histórico de problemas renais, diabetes, hipertensão ou com dificuldade de mastigação correm mais riscos com a dieta da proteína.

Então, se você sofre com algumas dessas complicações, é menor de idade, gestante ou lactante, não comece essa dieta antes de contatar seu médico.

Diferente de uma reeducação alimentar que mantem o peso ao longo do tempo, uma dieta restritiva como essa pode te fazer recuperar o peso perdido rapidamente.

Além disso, pode acontecer a perda de massa magra (músculos), uma vez que o organismo utiliza a energia presente nos músculos.

A pessoa também passa a urinar mais, o que pode provocar deficiência de potássio, causando cãibras.

Se você quer emagrecer com saúde, procure a ajuda de um profissional especializado.

Se esse artigo te ajudou, deixe sua opinião nos comentários e compartilhe esse artigo nas suas redes sociais.

A dieta da proteína é um método de emagrecimento que eleva o consumo de proteínas e diminui a ingestão de carboidratos. É importante explicar que não exist
Informações do Autor

MarianaRios,

Mariana Rios é natural de João Pessoa (PB) e se dedica a pesquisar e produzir conteúdo sobre emagrecimento e saúde.

Gostou do artigo? Deixe seu comentário!