Dieta da NASA: Conheça o Método que Fez o Cantor Luciano Enxugar 37kg

comida em pó

A Dieta da Nasa, também conhecida como dieta do astronauta ou dieta PronoKal é um método famoso entre as celebridades e pessoas que buscam emagrecer rapidamente.

Criada na Espanha, ela já se espalhou em mais de 15 países e tem como diferencial um rigoroso acompanhamento médico, programas personalizados e alimentos diferenciados.

Ela foi desenvolvida pela empresa Pronokal com base nas pesquisas de George L. Blackburn, um pesquisador da Universidade de Havard, nos Estados Unidos.

Assim como a maioria das dietas, a da Nasa se baseia em consumo de mais proteínas e a diminuição de gorduras e carboidratos, porém, a diferença é que a quantidade de proteína muda de acordo com a necessidade de cada paciente.

Utiliza-se também o consumo de suplementos vitamínicos e substitutos alimentares.

Como Funciona a Dieta da Nasa?

Ingerir uma grande quantidade de proteínas faz com que o organismo entre em um processo chamado de cetogênese, que é a produção de energia a partir da queima de energia estoques de gordura armazenados.

Nessa dieta, a ingestão de proteínas e carboidratos é feita pelos sachês da marca Pronokal, com quantidades balanceadas para cada paciente.

Para começar, a pessoa deve procurar um nutricionista credenciado à marca, pois ele vai orientar o paciente sobre o que fazer.

Primeiro os encontros são quinzenais e depois, mensais.

Os sachês têm porções em pó que são diluídas e se transformam em alimentos como bolos, shakes, panquecas, chás, sucos, omeletes e etc.

Além disso, o paciente também devem consumir suplementos vitamínicos para evitar efeitos colaterais do processo como tonturas, dor de cabeça, queda de cabelo e unhas fracas, causadas pela carência nutricional.

Etapas da Dieta

O método de emagrecimento da NASA é dividida em 3 fases, com diferentes objetivos:

1. Etapa ativa

Nessa fase acontece a cetogênese e a eliminação de 80% do peso que será eliminado de acordo com as necessidades do paciente.

Nesse período, o paciente consome de 600 e 900 calorias diariamente, sendo 1g de proteína para cada Kg do peso pretendido, 10g de gordura e entre 30 e 50g de carboidratos diários.

Todos esses nutrientes são ingeridos pelos pacotes da marca Pronokal.

2. Etapa de adaptação fisiológica

Depois de usar os estoques de gordura e acontecer a cetose, os macronutrientes vão sendo inseridos em proporções normais.

Aos poucos, a pessoa volta a consumir carboidratos como pães integrais, carnes magras, azeite.

Nesse período, a ingestão calórica varia de 1100 a 1500 kcal por dia.

Nessa fase, acontece um pequeno aumento de peso que será perdido ao longo do tempo junto com os outros 20% restantes.

3. Etapa de manutenção do Peso

Nesse período, o paciente volta come outros alimentos, mas de forma equilibrada.

Mesmo que os produtos em pó continuem sendo utilizados, os médicos também receitam outros alimentos que supram as necessidades nutricionais do paciente naquele momento.

Onde Encontrar?

Para aderir à dieta da NASA, o interessado deve procurar um profissional que esteja associado aos métodos da empresa Pronokal, pois está habilitado a explicar as funcionalidades do produto e adaptar a rotina dos pacientes durante cada fase.

Durante o tratamento, o médico vai receitando os alimentos, vitaminas e prescrevendo os exames necessários para conferir os exames na balança.

Quanto Custa?

O paciente gasta em média R$ 65 por dia com a dieta Pronokal®.

Porém, conforme os saquinhos vão diminuindo no cardápio, o preço também tende a baixar. Quanto mais tempo o paciente passa na fase dos sachês, mais dinheiro ele vai gastar.

Contraindicações e Efeitos Colaterais

Assim como grande parte das dietas com restrição calóricas, da NASA pode causar problemas como tonturas, dores de cabeça, desnutrição, perda de cabelo, unhas fracas, desnutrição.

Por isso, durante o tratamento, o paciente também pode ingerir suplementos vitamínicos para evitar outras complicações.

Essa Dieta não é recomendada para:

  • Menores de 16 anos;
  • Grávidas;
  • Lactantes;
  • Pessoas com problemas psicológicos ou psiquiátricos;
  • Pessoas com dependência de drogas ou alcoolismo;
  • Pessoas com instabilidade emocional;
  • Pessoas com distúrbios alimentares;
  • Pessoas com diabetes;
  • Pessoas com insuficiência renal ou hepática;
  • Pessoas com câncer;
  • Pessoas com doenças cardíacas;

Desvantagens

Uma das principais desvantagens da dieta Pronokal é o seu preço elevado.

Apenas a primeira fase da dieta custa uma média de 2 mil reais, incluindo apenas o primeiro lote de vitaminas e sachês em pó.

As consultas médicas pagas à parte.

Além do regime ser muito restritivo e não incluir dias de pausa, fora que o sabor dos alimentos em sachê não são tão agradáveis, segundo quem já fez.

Você pode perder de 7 a 10kg diariamente, mas nada garante que o seu peso será mantido.

A perda de peso rápida pode causar efeitos como menstruação desregulada e corte do efeito das pílula contraceptiva, pois desequilibra os hormônios do sistema reprodutivo.

Gostou do artigo? Deixe seu comentário!